2 de maio de 2008

De Volta aos Trilhos do Douro Inter-Nacional

E nos silêncios de Maio? Que ventos sopram por aí?
Há redes de pesca nos teus abraços e um planalto
por desbravar. Medíocres lâmpadas no teu ouvido
e um estertor de medo na paisagem árida. Estou,
se quiserem ver, na arriba de um Douro Internacional.
É segredo, porque uma paisagem deslumbrante merece
calma, vazio, contemplação. Depois de Bragança e as
suas muralhas históricas, com a sua torre de menagem
a vislumbrar-se lá do alto, rumei para Freixo, que dizem
ainda tem a sua Espada à Cinta deixada pelo Rei Dinis
de seu nome. Nessas arribas há tanto para contemplar,
que o melhor é não dar imagens. É descobrir senhores!
O resto é conversa plácida com os Freixenenses, com a praia
da Congida, com as memórias de um nascer do sol deslumbrante.
E o marulhar do Douro ainda solitário e alvo, só com as vinhas,
as amendoeiras, as oliveiras, e alguns barcos que se atravessam
no caminho dos sonhos e das utopias. Chega de paisagem fiada!
Quero um percurso de amor e mar nesta esquina do mundo!

2 Comments:

Blogger Ariel Sharon Tate usou da palavra

DON`T
STOP
TILL BEJA!!!!

:)

06 maio, 2008 01:18  
Blogger Miguel Barroso usou da palavra

Limpem e agreguem atrás de vós...

07 maio, 2008 20:15  

Enviar um comentário

<< Home