27 de maio de 2006

Estados Apolíneos na Esfera Convexa do Olhar

Corre, corre vagabundo
corre lesto até ao mar
vira e corta a direito
com a alegria de pasmar

O que me é dado ver é tristeza
o sorriso é do mundo dos incompetentes
quem está marcado p'la vida
só pode ver negras sombras

Farto de comédia e de seres ensandecidos
prefiro a quietude do olhar e do amor
A suprema inteligência apolínea

Já deixei de ser Sátiro há bastante
não creio tanto nos Dionisíacos prazeres
que corrompem a alma
e turgem os sentidos

Melancolia do olhar
é apenas um estado de paz,
de paciência serena,
de doce maturidade

1 Comments:

Blogger mao morto usou da palavra

Tu é que és o verdadeiro Nonstop! É só produzir, produzir, produzir!!!

28 maio, 2006 20:49  

Enviar um comentário

<< Home